quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Infinitudes

Nunca mais acabas de partir
é um horror a tua viagem
para longe de mim, o teu
regresso a uma vida onde
não tenho lugar, o teu
regresso a um lugar onde
não faço sentido, a tua
infinita partida, os teus
despojos por todo o lado,
é um horror tu dentro de
todos os poemas.




Texto:Sarah Adamopoulos

Fotografia: Oleg Oprisco

Sem comentários: