segunda-feira, 21 de março de 2016

Os versos sangravam mais

Gostava de começar do início
Nesta folha em que ninguém escreveu

Mas tu sabes, meu amor,
Não foi assim que aconteceu.

Os versos sangravam mais
E, ao redor, a dor profunda
De me saber perdida
Nesta escrita imunda.


Escrito 28/02.


Sem comentários: