terça-feira, 4 de junho de 2013

Ambrósia

Estou zangada com a vida. Estou triste e tudo me incomoda. Queria escrever um poema, mas gritei tudo em prosa. Não quero mais poemas, não quero mais promessas mentirosas. Quero a vida que é pra mim. Quero o céu e, do Olimpo, quero beber a ambrósia.

Sem comentários: