segunda-feira, 12 de março de 2012

Agonia

Agora que estou só
Pergunto-me: 'onde estás tu?'
Como está teu coração
Se ainda é minha a tua luz..

Mas é longa a noite
E fria,
E eu sigo pensando,
Sem dormir
Nesta agonia.

De tanto pensar o meu estômago dói;
De tanto amar fiquei presa na maresia;
De tanto querer que seja verdade;
Sonho contigo de noite e de dia.

Sem comentários: