terça-feira, 4 de outubro de 2011

Os estilhaços somos nós

Sonhei.
Hoje sonhei,
A minha mente está feita em nós.

Dormi mal,
Mas dormi.
Ó sinceridade atroz.

Sonhei com um comboio
Que vinha atrás de mim,
Senti que me ia esmagar,
E deixar-nos sós.
Senti que me perdi.
Que será de nós?

O embate não vi,
Mas senti o choque mortal.
Os olhos abri,
Esta noite dormi mal.

Sonhei de ti
E de mim,
Que foi feito de nós?
Os estilhaços não vi,
Os estilhaços somos nós.

Jeux D'Enfants (2003)



Sem comentários: